Conheça As Dietas 'milagrosas' Mais Estranhas Da História

Conheça As Dietas 'milagrosas' Mais Estranhas Da História


Nessa semana, um ministro do governo britânico foi um dos últimos a alertar as pessoas a respeito de os perigos das dietas 'milagrosas', contudo isto não impediu que tais regimes ganhassem popularidade no mundo inteiro de um a outro lado dos séculos. A história mostra que desde os tempos de gregos e romanos os seres humanos já adotavam rotinas de restrições alimentares. Louise Foxcroft, historiadora e autora do livro Calories and Conserts: A History of Dieting Over 2,000 years (ou Calorias e Espartilhos: Uma História da Dieta por intermédio de 2 mil anos, em tradução livre).



Assim sendo, quais são as dietas milagrosas mais estranhas e perigosos à saúde da história? Pela virada do século vinte, o americano Horace Fletcher popularizou a ideia de que uma das formas mais efetivas de emagrecer era mastigar e cuspir bastante. O fletcherismo, como foi chamado seu recurso de redução de gordura, dizia que as pessoas deveriam mastigar a comida até todas as calorias fossem "extraídas" e depois cuspir o instrumento fibroso que restou. Fletcher detalhava minuciosamente quantas mastigadas a pessoa tinha de conceder para cada tipo de comida. Segundo ele, um acordado tipo de alho, a título de exemplo, teria de ser mastigado em torno de 700 vezes.


Por mais estranha que pudesse parecer, a dieta do americano ficou bastante popular e atraiu abundantes seguidores famosos, como os escritores Henry James e Franz Kafka. Segundo Foxcroft, o regime chegava ao ponto de cronometrar os jantares de forma que as pessoas mastigassem a comida. Assim como no começo do século passado, uma dieta inusitada fez grande sucesso. O regime previa a ingestão de tênias (ou solitárias) pra perder calorias. A cantora de ópera Maria Callas teria sido uma das celebridades daquela época a ter comido parasitas para emagrecer.


As pessoas que seguiam essa dieta deveriam comer ovos dos parasitas, frequentemente em maneira de pílulas. A hipótese baseava-se pela ideia de que tão logo as tênias atingissem a maturidade no intestino dos pacientes, absorveriam a comida, dando início ao processo de redução de peso, por vezes, acompanhado de diarreia e vômito. Uma vez que o usuário atingisse o peso desejado, tomaria uma pílula para matar os parasitas que, no melhor dos casos, morreriam.



A pessoa teria, assim, de excretá-los, o que poderia causar complicações no abdômen e no reto. O regime era arriscado em incalculáveis sentidos. Não apenas o parasita poderia crescer em até 9 metros de comprimento dentro do corpo do seguidor da dieta, como também poderia causar inúmeras doenças, como dores de cabeça, dificuldades oftalmológicos, meningite, epilepsia e demência. Annie Gray, especializada em nutrição. O boom da indústria da dieta assim como foi facilitado pelo desenvolvimento no número de celebridades, dos meios de intercomunicação e dos novos remédios, acrescenta Foxcroft.


Medicamentos, pílulas de perda de peso e 'poções mágicas' tornaram-se um vasto negócio no século 19. Mas tais remédios normalmente continham ingredientes danosos, incluindo arsênico e estricnina. Apesar de a quantidade de arsênico nas pílulas ser pequena, era bem como muito perigosa. Não eram raras de vez enquando em que os seguidores desta dieta tomavam uma dosagem acima da recomendada para emagrecer de forma acelerada, morrendo por envenenamento.


Além disso, o arsênico não é sempre que aparecia na bula como um dos ingredientes do medicamento, o que fazia com que as pessoas desconhecessem o que estavam tomando. As dietas de celebridades são mais antigas do se pensa. Lord Byron foi um dos primeiros ícones nesse tipo de regime e ajudou a oferecer o pontapé pela obsessão pública sobre isso como os conhecidos perdem peso. Como as celebridades de hoje em dia, o poeta britânico trabalhava duro pra manter a cintura. No começo de 1800, ele popularizou um tipo de dieta que consistia majoritariamente pela ingestão de vinagre. A proposta nesse regime era de que, pra limpar o corpo das impurezas, a pessoa precisaria beber vinagre todos os dias e consumir batatas embebidas no líquido. Os efeitos nocivos incluíam vômito e diarreia.


Devido a da imensa interferência cultural de Byron, havia muita aflição sobre o efeito da dieta na juventude daquela época. Isto já que muitos escritores acabaram restringindo-se à alimentação composta por vinagre e arroz para tentar comparecer ao estilo e à palidez de Byron. No começo do século 19, os padrões de alimentação bem como tornaram-se mais prescritivos, como a maneira de sentar-se à mesa ou alavancar um jantar, diz Gray.


Em meados de 1800, o americano Charles Goodyear descobriu como aperfeiçoar a borracha e também seu estado natural a começar por um modo conhecido como 'vulcanização'. Com a Revolução Industrial e a geração em massa, o exercício da borracha foi, de repente, expandido maciçamente. A partir daí, foram fabricantes aos milhares ceroulas e espartilhos feitos do material. A ideia era de que a borracha disfarçaria o excesso de peso, todavia, mais interessante, esquentaria o usuário, fazendo-o suor e, possivelmente, perder gordura. Tais peças de roupa eram usadas em tão alto grau por homens quanto por mulheres, diz Foxcroft.


Melhoria o desempenho do metabolismo até já durante o tempo que você dorme, tem uma ação prolonga e desta maneira melhores resultados quer dizer o SSX tem êxito sim. O SSX é Aprovado Na Anvisa? A fórmula do SSX é liberada pela Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária, e registro no Ministério da Saúde, como suplemento alimentar. Isso garante a nossa segurança quanto a tua composição e efetividade.


Como emprego regular do SSX em 3 meses podes-se alcançar resultados no emagrecimento, somente é recomendado que se aproveite estes tempo para fazer reeducação alimentar, e assegurar assim sendo a perpetuidade do método de emagrecimento. Como dito previamente, todos os ingredientes do SSX são naturais. Colina: A colina é um nutriente que faz parte do complexo B de vitaminas. Cromo: O cromo é um mineral que trabalha no auxílio a insulina, hormônio responsável pela distribuição do açúcar que vem dos alimentos. Psyllium: O psyllium é uma fibra natural com alta absorção de água.


Quitosana: A quito-sana é uma fibra natural extraída do exoesqueleto, membrana que reveste o corpo de frutos do mar. Ela dá certo como um bloqueador, impedindo que a gordura presente nos alimentos seja absorvida pelo organismo. Como Devo Utilizar SSX? SSX deve ser tomado diariamente, dois cápsulas por dia, preferencialmente antes das refeições. Recomendamos o uso por pelo menos três meses pra um repercussão surpreendente e definitivo.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *